quarta-feira, dezembro 07, 2005

Quintas-feiras culturais XIV

Esta semana a quinta-feira cultural vai ter de ser à quarta, por motivos de força maior. Também para variar, hoje não escolhi um verdadeiro poema, mas sim a letra de uma música. Lembram-se do tempo em que os Xutos e Pontapés ainda não estavam caquéticos, e faziam grandes músicas? Aqui fica a letra de uma dessas grandes músicas, Circo de Feras.

Circo de Feras

A vida vai torta
Jamais se endireita
O azar persegue
Esconde-se à espreita

Nunca dei um passo
Que fosse correcto
Eu nunca fiz nada
Que batesse certo

E enquanto esperava
No fundo da rua
Pensava em ti
E em que sorte era a tua
Quero-te tanto
Quero-te tanto

De modo que a vida
É um circo de feras
E os entretantos
São as minhas esperas

E enquanto esperava
No fundo da rua
Pensava em ti
E em que sorte era a tua
Quero-te tanto
Quero-te tanto.

Xutos e Pontapés


Se quiserem apreciar um verdadeiro poema, dêm um salto ao blog do meu amigo queirosene, o Apocalipse Já, onde ele pôs um poema lindíssimo de Miguel Torga que tive bastante vontade de plagiar por aqui...

3 comentários:

Anónimo disse...

Caquéticos, os Xutos?! Ai, assim vamos zangar-nos!

Pedro disse...

Caro(a) anonimo(a), os xutos foram realmente muito bons (vi até dois grandes concertos ao vivo!), mas as músicas do último album coitadinhas... "Ai que ele cai, vai-se partir"!? Isso parece algo tirado de uma música para ai dos Onda Choc...

Se bem que tenho de admitir que só conheço as músicas que passam na rádio, se calhar estão algumas pérolas escondidas no album e eu não as conheço. Se for o caso retiro aquilo dos caquéticos...

Ana disse...

Excelente escolha!