segunda-feira, dezembro 19, 2005

Cão como nós


Este é o Sting, o meu cão! Podia dizer que é o cão mais inteligente do mundo, o mais divertido, mais fixe, mais giro ou até mais o mais comilão, ele é tudo isto certamente, mas acima de tudo é o meu cão!
Pode ser só um cão, mas é um verdadeiro companheiro quando quero de companhia, um verdadeiro amigo quando quero um, ou apenas um cão, quando é apenas isso que quero. Grande Sting!

8 comentários:

Zorze disse...

É lindo - eu tb tenho a minha Rita e acho que ela - sim(!) - é a cadela mais inteligente, fofa e comilona do Mundo! O Cão é um dádiva daquele senhor distraído: dEUS!

Lótus Azul disse...

Belo Sting!

Marisa disse...

Bem, bem... vou-me estrear aqui e a minha Twix manda saudações à Rita, à Dama, à outra Rita (espero não estar a trocar o nome, Lótus... se sim, desculpa, sou hiper-distraída) e ao Sting ;)

Será coincidência todos gostarmos de cães? Lá teria de ser o Formicidae a gostar de formigas, p «destoar»;)

Pedro disse...

Quem não gosta de cães NÃO PODE ser realmente boa pessoa!

Ai, não me batam!!!!

Lótus Azul disse...

Não trocaste o nome, Marisa... as minhas louras são mesmo a Dama e a Rita... tal como a do Zorze é Rita e não combinámos... aliás, estou francamente impressionada com a tua memória!...Se o meu Alzheimer se agravar, conto contigo.

Pedro, o teu Sting além de lindo, tem ar de saudável vagabundo, que é uma característica dos cães felizes.

Beijos.

Lótus Azul disse...

E só mais uma coisinha... se clicarem na foto e a virem a tamanho real, ... pasmem... não é que o Sting tem olhos de gente!

Pedro disse...

Por acaso o Sting tem mesmo uns olhos muito expressivos, acho que é a isso que te referes. E depois, quando está a pedinchar comida começa a franzir os sobrolhos alternadamente, super-cómico!

Lótus Azul disse...

É a isso que me refiro, é!