quarta-feira, fevereiro 15, 2006

Raízes

Quando ando no campo, atrás dos pássaros com que trabalho, é absolutamente essencial o rádio sempre ligado. Nos últimos dias, descobri um programa genial, na Antena 2, por volta da hora de almoço. Chama-se Raízes e apresenta-nos músicas tradicionais de diferentes países, músicas quase de certeza ninguém conhece, mas quase sempre excelentes. Ainda hojem passaram músicas de Madagáscar e do Cazaquistão, no outro dia tinham focado a Finlândia e Guadalupe. Muito bom mesmo, aconselho vivamente a experimentarem ouvir um dia.

7 comentários:

Lótus Azul disse...

"Quando ando no campo, atrás dos pássaros com que trabalho" - É das frases mais ternurentas que li nos últimos tempos... podes crer que se toda a gente pudesse escrever isto (ou coisa semelhante), e ainda por cima fosse verdade como é no teu caso, as pessoas eram bem mais felizes.

Eu adorava escrever, estando a falar verdade "quando ando no mar atrás dos peixes com que trabalho!"

Pedro disse...

Queres ser pescadora é? O pai de uma grande amiga minha é mestre de um barco em Sesimbra, se quiseres isso arranja-se! ;)

Lótus Azul disse...

Não, pescadora, não! Não está no meus planos andar a matar colegas de trabalho... quer dizer, já me ocorreu, mas parece que legalmente não se pode, e é crime...

Agora observadora de peixes, queria, mesmo que em Sesimbra.

Achas que esse Mestre pode meter uma cunha... aos próprios peixes! (gosto mais das profundezas).

Filipe disse...

Pois lótus, nasceste no tempo errado. É que o Titanic já aconteceu...
Podes sempre inscrever-te na marinha russa que eles têm jeito para deixar os seus submarinos nas profundezas. It's a long shot but it's worth trying.

Peter, mas com o som do rádio não assustas os passarocos?

Pedro disse...

E no entanto, havia algo de muito bonito na relação tradicional ente os pescadores e os peixes que, em ultima análise, matavam. Isso antes da pesca industrial, dos arrastões e da delapidação brutal da vida oceano.
Se nunca leste, às de ler um livro chamado "Tão Longe do Mundo", escrito por um percador polinésio chamado Tavae.
Esses pescadores eram mais "observadores de peixes", como escreveste, ou se calhar "colegas e amigos" dos peixes, nunca meros "matadores" de peixes.

Pedro disse...

Filipe, só porque são pássaros não quer dizer que não tenhma também bom gosto musical... ;)

Nuno Carvalho disse...

A ANTENA 2 é uma rádio culta. Não é só - nem sobretudo - pela música clássica (a que alguns convencidos chamam "erudita"), mas pelos noticiários diferentes, pelos programas mais cultos, pelas conversas e debates, etc. Bem diferente das rádios frenéticas como a TSF, mesmo a Renascença, até a Antena 1 (também da RDP)...

Como já alguém disse, há muito:
"It is well to be a gentleman, it is well to have cultivated intelect, a delicate taste, a candid, equitable dipassionate mind, a noble and courteous bearing in the conduct of life - these are the connatural qualities of a large knowledge, they are the objects of a University."
John Henry Cardinal Newman, 1854