domingo, maio 28, 2006

Cinzento



Letargia. Marasmo. Torpor. Apatia. Modorra.
O Sol abandonou o centro da Europa, fugiu para longe, para um canto algures à beira-mar, provavelmente em Portugal. E nós os latinos, que por aqui andamos, definhamos lentamente, indecisos entre a velha sugestão de que se sorrirmos para a vida ela nos sorrirá de volta e a vontade de esconder a cara entre a almofada e os lençois e sonhar com dias melhores.
A chuva nem sequer é chuva, caí gota a gota, aborrecida com estes dias que se passam lentamente, que se esvaiem como grãos de areia numa ampulheta. Tardes gastas a fazer de conta que se trabalha, noites abandonadas ao absurdo de inventar um novo jogo baseado no tabuleiro do "Risco" mas com regras totalmente diferentes. Esperanças de que um jogo de futebol entre a Holanda e os Camarões possa servir de distração, para 15 minutos depois perceber que um jogo de futebol é a coisa mais aborrecida do mundo se não nos interessar minimamente qual seja o resultado final...
Letargia. Marasmo. Torpor. Apatia. Modorra.

5 comentários:

Lótus Azul disse...

Se te serve de consolo: Sim, foi para aqui que o sol veio. E sim, ainda assim, o meu estado de estado de espírito é em tudo idêntico ao teu:
Cinzento, cinzentinho, cinzentão...

Pedro disse...

então rapariga, que desanimo é esse?
Toca a ir à praia, por a barriga ao Sol, porque a Matilde (sempre vai ser esse o nome?) tem de se ir habituando e animar!

Hugo disse...

'Então miúdo, que desânimo é esse?' ;p

O que é a força do tempo comparada com a tenacidade e capacidade criativa de um biólogo? Ainda para mais um biólogo de botifarras!!

Abraço e força aí

Gemini disse...

Boas notícias: os raios U.V. levam a um envelhecimento precoce da pele e o "torpor" é óptimo para aumentar a longevidade! Nunca mais daí saias! LOL, as coisas parvas que me ficam de aulas parvas que estou a ter...

NoKas disse...

cinzentooooooooo..... não há palavras que descrevam este cinzentooooooooOOOOoooOOooOOoOOooooo....