quinta-feira, junho 30, 2005

Quintas-feiras culturais I

Começa hoje oficialmente a rubrica: "Quintas-feiras culturais", com um poema de Alberto Caeiro (ou melhor do Fernando Pessoa, que essa treta dos heterónimos já é demasiado literária para o meu gosto, o gajo que assuma o que escreve, porque até nem escrevia mal...). Pronto, este comentário já destruiu completamenta a aura cultural da rubrica, mas não quero que o meu amigo Filipe ache que eu estou a perder as minhas qualidades de cientista cínico e racional (com orgulho de o ser!).
Cá fica o poema:


Hoje de manhã saí muito cedo

Hoje de manhã saí muito cedo,
Por ter acordado ainda mais cedo
E não ter nada que quisesse fazer...

Não sabia que caminho tomar
Mas o vento soprava forte, varria para um lado,
E segui o caminho para onde o vento me soprava nas costas.

Assim tem sido sempre a minha vida, e
Assim quero que possa ser sempre --
Vou onde o vento me leva e não me
Sinto pensar.

Alberto Caeiro

17 comentários:

Filipe disse...

Muahahahaha eu sou terrível! Vá, por enquanto conseguiste fazer-me acreditar que continuas cientista cínico e racional. Mas nada de deslizes que eu vou andar a analisar esse teu sentimentalismo poético! HE! He!
Este poema sim, vale a pena. Posso sugerir José Régio para a próxima 5ª feira cultural?

Pedro disse...

Agora já me vem com pedidos... este gajo!

Eu já tenho uma pequena selecção para as próximas semanas, mas vou ver se encontro alguma coisa do José Régio.

Não te preocupes quanto ao sentimentalismo, quanto muito tenho falta dele... Muitos anos a jogar DOOM, QUAKE e UNREAL!!! Muahahahahahahahaha!

Se nós já somos assim imagina os putos de hoje que crescem a ver desenhos animados ultra violentos desde a mais tenra infância... e pior ainda, o Batatoon!
Que saudades do Bocas, do Era Uma Vez a Vida, ou do Verão Azul! Tenho que escrever um post sobre isso um dia destes.

Ju disse...

Sim José Régio, sim, sim! Não sei para onde ir....
Olá Pedro, só hoje é que vi o teu blog. Tenho mtas coisas para fazer, mas não me apetece. ANOVAS e nutrientes.... bah!
Quanto ao Bocas, deves ser dos poucos que se lembra desse desenho animado.
E os heterónimos são fixes, deixa lá estar. Assumir tudo nem sempre é bom. Ou não achas piada ao mistério? Lá por seres cientista (cínico ou não isso é lá ctg...) não quer dizer que tudo tenha que ser objectivo. Mas isto é a minha opinião pessoal.

Pedro disse...

Bemvinda ao blog!
Acho que os heterónimos são engraçados enquanto as pessoas não sabem quem é o verdadeiro autor, depois deixam de fazer sentido.
Por exemplo, já ninguém fala de livro escritos por "Miguel Tiago" porque toda a gente sabe que são do Alvaro Cunhal... Pode-se dizer que o Miguel Tiago morreu muitos anos antes do Alvaro Cunhal, no dia em que ele admitiu ter sido quem escreveu esses livros.
Mas não acho que tudo tenha que ser objectivo, senão não estava a por poemas no meu blog. Não há nada menos objectivo que um poema!

Filipe disse...

Não precisas de procurar poemas do Régio, eu dou-te o nome do meu favorito. Chama-se Cântico Negro e é muito do estilo do Lisbon Revisited de 1923 do Fernando Pessoa. E digo Fernando Pessoa porque tu não acreditas em Heterónimos, assim cortei com o intermediário imaginário e fui logo ao gajo real propriamente dito. :))

Filipe disse...

Já agora, falei no Lisbon Revisited de 1923 pq há uma outra versão de 1926 que é a mais conhecida. A outra é rara e mais dificilita de encontrar.

Pedro disse...

Filipe, não te sabia um conhecedor de poesia! Estou completamente esmagado... até conheces versões diferentes do mesmo poema e em que ano é que sairam. Estou mesmo impressionado!

Filipe disse...

É para tu veres... A mim ninguém me dá o valor que mereço... ai tadinho de mim, tadinho...
Muahahahahahahaha!

Ju disse...

Tadinho! Eu que não dava nada por ele a jogar bowling e não é que ele papou todos os outros jogadores!!! Pois é. O Filipe é uma caixinha de surpresas.

NoKas disse...

oh flipe! tu nãotinerves!

NoKas disse...

Bem, eu dava! Não fikei assim tão surpreendida! :p Filipe, as aulas d antropologia pratica serviram pra alguma coisa! Já n me lembro do nome dos ossos, mas lembro-me das pessoas da mesa! :)

NoKas disse...

P.S.- cadê o Paulo? tdo bem com ele? E a Guida Maria?

Ju disse...

Ó Ana! Comenta tudo de uma x! LOL!

Filipe disse...

Nao faço ideia por onde anda o paulo, e nem a guida... Acho que havia por aí uns blogs deles nao sei muito bem onde... Houve um dia que andei na net à procura do pessoal e encontrei montes de blogs de gente conhecida, mas foi coisa do momento e nao tirei links de nada.

NoKas disse...

ok! tks

Pedro disse...

É a loucura, 15 comments a um post!!?! (com este 16). Continuem, continuem que estou a gostar, esta página já deve ter mais hits que alguns sites pornograficos, tenho de começar a por publicidade para ganhar uns trocos com isto!

NoKas disse...

mmm! temos k ver que tu não és um filipe-salazar-bloqueador-de-comentários! :p