sábado, novembro 07, 2009

Muros


Passaram 20 anos desde que o "vento de mudança" derrubou o Muro das vergonhas e libertou meia Europa. Infelizmente o vento parece estar cada vez mais fraco. Ouvia hoje uma reportagem sobre a vida das pessoas na RDA, com as câmaras de vigilância e escutas da STASI por todo o lado e, sinceramente, não me pareceu muito diferente daquilo para que nos parecemos dirigir, com câmaras de segurança na via pública a roubarem a nossa privacidade e linhas telefónicas 100% corruptiveis que podem ser alvo de escuta sem nosso conhecimento com a facilidade de uma assinatura de um qualquer juíz. Convém lembrar que os inspectores da STASI tinham tanto autoridade para o fazer como os nossos juízes a têm hoje, porque assumimos que estes mais modernos o farão apenas "aos maus da fita"?
Muros para mandar a baixo precisam-se, porque os modernos são todos virtuais e nós de tão distraídos nem os vemos...

2 comentários:

Daniel Santos disse...

Nem todos são virtuais... Israel está a construir um, a Índia também e o Brasil pensa num para esconder as favelas.

Mas tem razão, existem muros mentais que são mais altos e difíceis de destruir do que estes.

Pedro disse...

Sim, é verdade. Ainda existem muros bem reais por esse muro fora. Até mais perto, no Chipre