quinta-feira, maio 08, 2008

What do people do?

É uma questão pertinente. O tal sapo do trecho de texto do post anterior parece sempre saber exactamente aquilo que tem de fazer. Assim como o parecem saber as andorinhas, os gibões, os tubarões e as cegonhas. Já nós... What do people do? É uma pergunta feita pelo John Nash no filme "Uma Mente Brilhante", numa fase em que procura sem sucesso recuperar da sua esquizofrenia. Seremos nós inactamente esquizofrénicos? Será um resultado perverso da evolução desenfreado do cérebro humano? Um efeito secundário do facto de termos cabeças tão grandes que temos de nascer imensamente prematuros, mesmo assim com grande risco de vida tanto para as mães como para os fetos?
Pessoalmente, suspeito que o nosso intelecto superior é um beco sem saída evolutivo, se não nos auto-exterminarmos, num piscar de olhos de uma imensa bola de fogo nuclear, provavelmente caíremos todos na perdição das neuropatias. Afinal, pensem lá bem. What do people do?
Se temos de fazer essa pergunta é porque há algo de primordialmente errado connosco.

1 comentário:

Caba disse...

Geralmente, gostamos de nos projetar demais para um futuro (que talvez nem se realize), esquecendo de viver o presente, fazendo com que o passado não seja parte de nossa história.

Para os psicopatas (só me baseando na anulação do sentimento), estamos em um bom caminho de formação.