domingo, dezembro 19, 2010

Piscares de Olho - XVI

Hoje o meu olho piscou em frente a uma imagem do Oceano Atlàntico junto ao Cabo Sardão, no sudoeste Alentejano. Agora que estamos a beira de entrar no inverno, na altura em que os dias diminuem até ao ponto em que o Sol radioso do nosso país parece ter feitos as malas e partido para parte incerta, trago-vos uma imagem de um solarengo dia de Verão. O mar parece perigosamente apetitoso, e a paisagem é esplendorosa. Fica aqui este piscar de olho para nos recordar a todos que, por mais frio que seja o Inverno, segue-se-lhe sempre uma Primavera e um Verão.
Agora seria bom que esta frase pudesse ser metafórica para os destinos do nosso país... mas aí não tenho tanta certeza da sequencia das estações. Os nossos governantes parecem esforçar-se por nos oferecer um Inverno eterno e, por incrível que pareça, 60% dos eleitores deste país preparam-se para lhes confirmar que é realmente o In(f/v)erno cavaquista que desejam para o nosso futuro próximo!

1 comentário:

maria zubrowka disse...

Muito bem tirada. A foto e o retrato ao in(v/f)erno político que parece ser para durar mais uns anos neste país.