sexta-feira, abril 06, 2007

Poesia absurda

White neck
Lots of white
Almost would call it
A satellite

Um momento de poesia absurda resultante de uma observação. Esta foi a minha descrição de um pássaro no campo. Uma colega virasse para mim e diz, "hei Pedro you are a poet, your description rhymes and has perfect metric". E tem mesmo... Ainda dizem que ciência não é arte

3 comentários:

Filipe disse...

Acrescenta-lhe mais uns versos e podes musicar isso.

Zorze disse...

Bonito, por acaso bem bonito... em termos fonéticos não podia ser melhor; abraço, amigo!

Pedro disse...

Afinal tinha transcrito mal a minha obra prima... Agora já está correcto