sexta-feira, novembro 24, 2006

Quando irão compreender?

Um hindu é um cristão sem cabelo, um muculmano é um hindu de barba, um judeu é um muculmano de chapéu.

É esta frase simples que todas essas pessoas que se degladiam em guerras absurdas motivadas por fundamentalismos religiosos deviam compreeder. Pessoalmente, não me incluo em nenhuma religião, mas quando vão todos eles perceber que andam todos a adorar o mesmo apenas dando-lhe nomes diferentes?
Se Deus existe ou não, não me perguntem a mim, sempre me pareceu que essa pergunta é retórica, depende provavelmente da semântica, do significado que cada um dá a essa palavra. Agora percebam é uma coisa: não ganham nada em matar-se uns aos outros a discutir que nome dar àquilo que não compreendem.
As vezes as coisas mais simples são as mais dificeis de compreender...


P.S. A frase li-a num livro excepcional, "A Vida de Pi" por Yann Martel.

7 comentários:

gabrielolnun disse...

paremos de viver os problemas criados pelos outros.
viver, conceituar, ver pra crêr.
quanto tempo leva pra acreditar no que uma pessoa te fala? o quão forte é a sua convicção que ela está falando a verdade?
as vezes a gente leva um tapa, mas as vezes, é disso mesmo que a gente precisa.

jogando xadrez vejo que quem está de fora tem uma visão mais clara e menos valiosa da partida.

Filipe disse...

Bom, vou tentar não utilizar espanholismos neste comentário.

Esse conceito até parece simples, não parece? Mas os seres humanos (para não lhes chamar outras coisas) insistem em ser muito complicados.
Se foi realmente um "Deus" a criar estes seres humanos, fez um trabalho de merda e deveria voltar à fase de projecto.

quim tapisso disse...

Para mim somos todos Homo sapiens, só que uns são mas sapiens do que outros...

Filipe disse...

E outros são mais Homo que uns. Se bem que, pelo que tenho visto, quanto mais Homo, mais atenção se tem com a vida, com o planeta e com o respeito pelos outros. Veremos, o que a Evolução terá reservado para esta espécie. Isto se a espécie sobrieviver o tempo suficiente para deixar a evolução trabalhar sobre ela.

quim tapisso disse...

Se de facto a espécie sobreviver o tempo suficiente para deixar a evolução trabalhar sobre ela, e se o caminho for o dos Homo, isso, ironicamente, irá também provocar a nossa extinção. E quando falo na nossa extinção quero dizer o sexo masculino!!! Biologicamente é muito mais provável que só as mulheres sobrevivam. Talvez ai sim consigas ter um mundo com mais respeito pelos outros, pela vida e pelo planeta.

Pedro disse...

bem... oh Quim nem tanto ao mar nem tanto a terra. Acho que nos homens tambem temos alguma utilidade, nao?
E nao estou a falar so dos motivos obvios, acho que os dois sexos sao basatnte complementares na maneira de raciocinar e nas capacidades intelectuais.

Já diz o velho ditado:
Can't live with them, can't live without them.

aplica-se para os dois lados.

Filipe disse...

Hummm um mundo onde só existissem mulheres...

Não consigo pensar em nada melhor e, ao mesmo tempo, em nada pior.